Abrir empresa: Como funciona o passo a passo?

Abrindo Sua Empresa Como Funciona O Passo A Passo - Contabilidade em Santa Catarina | Amaral Contabilidade

Compartilhe nas redes!

Há quem sonhe em empreender, mas pensa que abrir uma empresa seja sinônimo de muita burocracia e uma papelada sem fim. Mas esse cenário está mudando e está cada vez mais fácil ter seu próprio negócio.

Nos últimos anos, o governo lançou várias medidas para agilizar a abertura de empresas e melhorar o ambiente empresarial, e basicamente o papel está sendo substituído por processos 100% online para que nenhum empreendedor tenha que ficar perdendo tempo de órgão em órgão, balcão em balcão.

Então para abrir uma empresa, basicamente você deve:

  • Elaborar um contrato social
  • Fazer uma análise de viabilidade junto a prefeitura, para confirmar se é permitido instalar a empresa no local
  • Registrar o contrato na Junta Comercial ou Cartório de Registro de Pessoa Jurídica
  • Obter um CNPJ Junto à Receita Federal
  • Obter um alvará de funcionamento
  • Realizar as inscrições fiscais nas secretarias responsáveis pelos cadastros de contribuintes mobiliários da região conforme atividade da empresa
  • Solicitar autorização para emissão de nota fiscal eletrônica
  • Fazer o cadastro da empresa na Previdência Social para cumprir obrigações trabalhistas

Será que vale a pena abrir uma empresa no Brasil face ao cenário atual?

Mesmo no cenário pós-pandemia, e com a crise econômica, o Brasil é conhecido pelos altos índices de abertura de novos negócios e pela gana empreendedora que o brasileiro tem.

Inclusive durante a pandemia, foi alcançado o recorde de empreendedorismo, onde mais de 14 milhões de pessoas se tornaram empreendedoras. É fato que muitos brasileiros acabam escolhendo esse caminho por necessidade, pois perderam seus empregos e se viram desempregados sem ter para onde correr.

Ao todo, existem mais de 17 milhões de negócios ativos no país, e destes, 70% são Microempreendedores Individuais (MEI) e Empresários Individuais (EI). O que nos leva a concluir que há sempre oportunidades para empreender, e o que muda, são somente as tendências de negócios.

O segredo é escolher o segmento certo, algo que atenda as necessidades dos clientes, e assim, ter grandes chances de prosperar abrindo uma empresa.

Abrir uma empresa no Brasil, é caro?

Não há um valor fechado para dizermos quanto custa abrir uma empresa, pois os valores dependem do tipo de negócio, porte da empresa, e também das taxas que são praticadas em cada município ou estado, e os valores variam muito de um local para outro.

Fora que existem outros custos que precisam entrar no cálculo, como registro de marca, contabilidade, alvarás e licenças se forem necessárias, além do capital inicial para começar a atividade empresarial.

Uma loja virtual (e-commerce) por exemplo, tem um custo inicial bem menor do que uma loja física, é fato, porque não é preciso investir em uma locação de espaço físico, estrutura, equipe de vendedores, equipamentos, etc.

Então todo empreendedor, a primeira coisa que tem que fazer é colocar todos os gastos na ponta do lápis para não ser pego de surpresa na hora de registrar o negócio, principalmente se o dinheiro for pouco agora no início.

O MEI é uma boa opção, pois tem custo zero para a formalização, ou seja, você pode se registrar gratuitamente pelo Portal do Empreendedor e precisa pagar apenas uma guia mensal unificada composta pelos impostos reduzidos e pela contribuição ao INSS.

Quanto tempo demora para abrir uma empresa no Brasil?

Também é importante saber quanto tempo demora para abrir uma empresa no país, para planejar melhor o início da jornada empreendedora.

No que diz respeito ao prazo inicial, que abrange o registro em Junta Comercial e liberação do CNPJ, o prazo médio é de 2 a 3 dias.

Essa parte está muito rápida devido a digitalização e integração dos sistemas das Juntas Comerciais. Mas se considerar todas as etapas que mencionamos acima, como a inscrição do CNPJ, obtenção do alvará, licenciamento, emissão de notas fiscais, o tempo médio de abertura sobe para 15, 16 dias.

Mesmo assim ainda é um tempo bom, se compararmos com antigamente, onde não se falava de abertura de empresa em menos de 30 dias.

O MEI é uma exceção, pois em poucos minutos se formaliza uma empresa por meio do Portal do Empreendedor, é uma empresa que atua com atividades de alto risco e precisa de várias licenças que podem levar meses no processo.

Quem pode abrir uma empresa?

Um fato que tem chamado bastante a atenção também é que cada vez pessoas mais jovens têm se tornado empreendedores.

De um modo geral, qualquer pessoa maior de 18 anos capaz e sem impedimentos legais pode abrir uma empresa no Brasil.

São impedidos:

  • Militares da ativa das Forças Armadas e das Polícias Militares;
  • Funcionários públicos civis (União, Estados, Territórios e Municípios);
  • Magistrados;
  • Médicos, para o exercício simultâneo da medicina e farmácia, drogaria ou laboratório;
  • Estrangeiros não residentes no país;
  • Cônsules, salvo os não remunerados;
  • Corretores e leiloeiros;
  • Falidos, enquanto não reabilitados.

Muitos empreendedores de primeira viagem têm dúvidas de qual tipo de empresa abrir. De acordo com a nossa legislação, as empresas são classificadas conforme sua natureza jurídica, que é o formato que define a estrutura e o funcionamento do negócio de acordo com o número de sócios, atividades, capital social, etc.

Os principais tipos e portes usados no Brasil são:

  • Empresário Individual (EI)
  • Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI)
  • Sociedade empresária limitada (LTDA)
  • Sociedade simples
  • Sociedade anônima (SA)
  • Sociedade limitada unipessoal (SLU)
  • MEI
  • Microempresa (ME)
  • Empresa de Pequeno Porte (EPP)
  • Empresas de médio porte (têm de 50 a 99 empregados no caso de indústria e entre 100 e 499 para comércio e serviços)
  • Empresas de grande porte (mais de 100 empregados em indústrias e mais de 500 em comércios e serviços)

Ainda, para abrir uma empresa, são necessários os documentos básicos que você terá que apresentar como:

  • RG e CPF (normalmente, cópia autenticada);
  • Certidão de casamento (se aplicável) ou nascimento;
  • Comprovante de residência;
  • Última declaração do Imposto de Renda (IR)

Também serão exigidos alguns documentos referentes a futura empresa:

  • Comprovante do endereço comercial onde será instalada a sede do negócio;
  • Cópia do IPTU do imóvel em questão;
  • Requerimento Padrão (documento exigido pela Junta Comercial);
  • Contrato social ou ato constitutivo.

Você vai precisar de um contador para conduzir a formalização do seu negócio, a não ser que você esteja abrindo uma MEI.

Mas um contador ajudará você a reunir a documentação necessária e também a definir quais são os enquadramentos legais mais adequados para o seu novo negócio. Afinal, uma decisão errada logo no início pode gerar prejuízos, por isso o apoio de um profissional é tão importante nesse processo.

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

Dctf Tudo Que Sua Empresa Precisa Saber Dessa Declaração - Contabilidade em Santa Catarina | Amaral Contabilidade

DCTF: Tudo que sua empresa precisa saber dessa declaração!

Entender o sistema tributário brasileiro é um desafio para as empresas.  Entre as diversas obrigações, a Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais (DCTF) se destaca como um instrumento importante.  Ela não apenas reflete a transparência fiscal da sua empresa

Voce Precisa Declarar Ganhos Do Mei No Irpf - Contabilidade em Santa Catarina | Amaral Contabilidade

Você precisa declarar ganhos do MEI no IRPF? 

Com o crescimento do empreendedorismo no país, aumenta também a quantidade de pessoas que precisam entender as obrigações fiscais. Elas acompanham esse tipo empresário de ser.  Se você é MEI, pode estar se perguntando: “Preciso declarar meus ganhos no IRPF?”.

Como Aumentar Sua Restituicao - Contabilidade em Santa Catarina | Amaral Contabilidade

Como aumentar sua restituição?

Conseguir uma restituição maior no imposto de renda pode fazer uma diferença significativa no seu orçamento anual. Muitas pessoas veem esse momento com uma mistura de esperança e ansiedade, afinal, quem não gostaria de aumentar o valor da restituição?  Neste

Aprenda A Calcular O Inss Sobre O Pro Labore - Contabilidade em Santa Catarina | Amaral Contabilidade

Aprenda a calcular o INSS sobre o pró-labore

Compreender como calcular o INSS sobre o pró-labore é essencial tanto para os empresários quanto para os profissionais liberais.  Afinal, este cálculo não só garante a conformidade legal da sua empresa como também impacta diretamente na saúde financeira do seu

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
Todo empresário tem um sonho: ver seu negócio crescer cada…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top
Modelo 4 Irpf 2024 - Contabilidade em Santa Catarina | Amaral Contabilidade